Como escolher um software seguro para sua injetora


Com o aumento exponencial dos recursos dos CLPs atuais, muitas vezes acabamos nos deparando com sistemas que apresentam grande complexidade e que podem não satisfazer condições básicas de segurança que normalmente não são facilmente identificadas durante os primeiros usos do equipamento. O desenvolvimento dos sistemas atuais, que chegam a atingir centenas de milhares de linhas de código, podem se tornar extremamente complexos de serem entendidos ou mantidos, trazendo prejuízos incalculáveis devido à impossibilidade de haver domínio de sua funcionalidade. Para situações assim, é importante garantir o emprego de métodos que ajudem a garantir a qualidade do código gerado.


Durante anos de desenvolvimento de Software para injetoras, a empresa Branqs criou diversas técnicas de programação, que permitem ao desenvolvedor criar softwares de maneira fácil, rápida e principalmente, segura.  Com experiência de mais de 30 anos de desenvolvimento de Software para injetoras, a empresa conta com um repositório de software para mais de 490 modelos de injetoras de diferentes marcas como Sandretto, Semeraro, Romi, Oriente, Haitian, Engel, Arburg, Krauss Maffei, Wittmann Battenfeld, Toshiba, Italtech, entre outras.


As técnicas desenvolvidas dentro da empresa foram divididas em dois grupos distintos chamados de "Boas Práticas" e "Técnicas Avançadas de Estrutura":

Boas Práticas

O grupo de Boas Práticas identifica posturas valiosas a serem adotadas na identificação de sinais e gerenciamento das várias versões e revisões do código produzido. Este grupo reune as seguintes técnicas:

  • Semântica
  • Versionamento
  • Histórico de alterações

Técnicas Avançadas de Estrutura

O grupo de técnicas avançadas de estrutura, oferece padrões de estruturação de  software que proporciona a criação de código seguro e de fácil manutenção. Este grupo reune as seguintes técnicas:

  • Proteção do núcleo
  • Intertravamento por alarme (Estrutura SAC)
  • Níveis de alarme
  • Sequenciador Automático



Além das técnicas, o desenvolvimento de software realizado pela empresa preza também pela  simplicidade e funcionalidade. Aspectos como a definição de páginas de configurações internas, permitem diminuir a complexidade das páginas de programação de parâmetros de processo. Dependendo do caso, as páginas de configurações internas podem ficar invisíveis para os menores níveis de senha de operação.



Outro destaque do software de injetoras desenvolvido pela empresa, é a facilidade em obter informações de diagnostico da máquina. Através do recurso de Auto-Diagnose, o operador consegue facilmente identificar possíveis situações que impeçam a continuidade do funcionamento normal da máquina.


O detalhamento das técnicas apresentadas aqui pode ser solicitado por quem tiver interesse. Trata-se de um material de domínio público criado com o objetivo de gerar avanço tecnológico na área de automação industrial. Para fazer a solicitação, basta acessar a seguinte área do site da empresa: https://www.branqs.com.br/contato

Leia agora:
Plástico Brasil 2019: Impressão 3d é mais um dos destaques da feira
Milliken está na lista de empresas mais éticas do mundo
Uma Fimec de inovações
ALMACO divulga na França setor brasileiro de compósitos

Veja também:
Reestruturação nas atividades do Simplás
Instituto Brasileiro do PVC e ASPEC-PVC na Expo Revestir 2019
Proibição de copos plásticos em Porto Alegre em debate