ADIRPLAST define gestão 2019-2020

Laercio Gonçalves, da Activas, segue a frente da entidade. Objetivo é fortalecer o setor e continuar lutas por equilíbrio fiscal, sustentabilidade e transparência nos negócios, entre outras

Fotos: Leonardo Benaci

A ADIRPLAST (Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas e Afins) anuncia continuidade do trabalho de Laercio Gonçalves a frente da entidade no biênio de 2019 e 2020. A decisão foi tomada em reunião com associados na sede da associação, em São Paulo. “Ser releito presidente da entidade é uma honra e mostra que estamos no caminho certo para desenvolver um setor cada vez mais forte e unido”, comentou Laercio Gonçalves.

Segundo Gonçalves, reeleito presidente da entidade pela terceira vez consecutiva, a ADIRPLAST continuará trabalhando em três frentes distintas – co-responsabilidade, reforma tributária e economia circular. “Essas são nossas bandeiras, que continuam ainda mais fortes em nossa próxima gestão”, afirma Golçalves.

Osvaldo Cruz, da Entec Polimeros, também segue como vice-presidente da entidade. “Além das bandeiras, também temos desafios pragmáticos com nossos associados como, por exemplo, melhorar a logística, debater a concorrência desleal e trazer cada vez mais tecnologia para nossas empresas”, complementa.

Cruz reforça que esses são desafios enormes e que serão levados para cada associado. “Temos que estar engajados com todo o Brasil para superar obstáculos de forma conjunta”. Para isso, a entidade já definiu a realização de encontros periódicos entre os associados. “Discutiremos temas relativos às empresas e ao mercado de distribuição de resinas, plásticos de engenharia e filmes BOPP. Isso nos ajudará a criar estratégias para vencer nossos desafios”, conclui Gonlçalves.

Para presidente do Conselho Diretor foi eleito Ricardo Mason, diretor da Fortymil. Ele reforça a importância da ADIRPLAST para o segmento: “Esta é uma entidade muito importante para o setor de varejo de resinas e de filmes de BOPP. Desde sua fundação em 2006 ela já desenvolveu uma série de trabalhos, palestras e eventos que contribuíram não só para demonstrar ao mercado a diferenciação dos Distribuidores Autorizados dos outros agentes do varejo, mas, principalmente, para melhor capacitar seus integrantes. Todos nós da ADIRPLAST podemos dizer que hoje temos nossas empresas em um nível muito superior ao de 12 anos atrás em função desses trabalhos da Associação”, explica.

Quadro diretivo Adirplast biênio 2019/2020

Diretoria Executiva:
Diretor Presidente: Laercio Gonçalves (Activas)
Diretor Vice-Presidente: Osvaldo Cruz (Entec)

Diretores:
Wilson Cataldi (Nova Piramidal)
João Rodrigues (Thathi)
Cecília Vero (TIV)
Marcelo Prando (Replas)
Marco A. Pereira (Papion)

Suplentes:
Aurélio Mosca (Krisoll)
Rodrigo Fernandes (Eteno)

Conselho Diretor
Presidente: Ricardo Mason (Fortymil)
Vice-Presidente: James Tavares (SM)
Conselheiro: Fernando Tadiotto (Petropol)
Suplente: Silvia R. Silva (Premix)


Meeting 2018

No dia 29 de novembro a ADIRPLAST reuniu todos seus associados e mais convidados para um encontro que marcou a despedida de 2018. Nele foram apresentadas as novas perspectivas para o próximo ano.

O encontro aconteceu no Restaurante Figueira Rubayt, em São Paulo, e contou com a palestra do economista e atual presidente do Insper, Marcos Lisboa, que apresentou um panorama do Brasil para os próximos anos.

Na oprtunidade, a ADIRPLAST premiou três personalidades do setor plástico. O prêmio de Tecnologia e Plataforma foi para Ederson Matos, da Braskem. Reciclagem e Economia Circular ficou com Willian Soares, da Wise Plásticos. Já o de Reciclagem foi entregue a Alfredo Schimitt, presidente da Tampinha Legal.


A entidade

A ADIRPLAST tem como diretrizes o fortalecimento da distribuição, o apoio aos seus associados e a integração do setor de varejo de resinas plásticas, filmes de BOPP-PET e plásticos de engenharia. Seu objetivo é demonstrar a importância que os distribuidores têm para o setor e para o desenvolvimento do mercado brasileiro de plásticos. A entidade trabalha ainda para promover a imagem sustentável do plástico, melhorar a gestão financeira dos transformadores e ajustar o desordenamento tributário sobre a indústria.

Atualmente, a entidade agrega empresas distribuidoras de resinas plásticas, plásticos de engenharia e filmes BOPP-PET que, juntas, tiveram um faturamento bruto de cerca de R$ 4 bilhões em 2017. Elas responderam por cerca de 12% de todo o volume de polímeros e filmes BOPP-PET comercializados no país.

Credenciadas pelos fabricantes, essas empresas garantem ao cliente final a qualidade do produto e dos serviços de logística e financeiro. Além disso, contam com uma carteira de 7.000 transformadores de plásticos no Brasil. Para atendê-los, a entidade emprega 200 representantes externos e mantém 150 postos de atendimentos internos, além de equipes de assistência técnica e de pós-venda.

Para mais informações, acesse www.adirplast.org.br e aproveite para cadastrar seu e-mail e receber informações sobre distribuição de resinas plásticas, filmes BOPP-PET e plásticos de engenharia.

Leia agora:
Termotécnica vence prêmio da World Packaging Organisation
Sucata ganha cara nova e se transforma em troféus para escolas finalistas do Prêmio Embraco de Ecologia
Braskem integra carteira do índice de sustentabilidade da B3
Produção de químicos de uso industrial cai em 2018

Veja também:
Condução segura, limpa e rápida: Novos roletes da igus
Programa 8S da Embaquim é elogiado pelos clientes
Braskem confirma participação na Plástico Brasil 2019