Abiquim apresenta novo Manual de Apoio à Implantação dos Conselhos Comunitários Consultivos

Publicação atualizada pela Comissão de Diálogo com a Comunidade da Associação Brasileira da Indústria Química pode ser utilizada por outros segmentos industriais


A Comissão de Diálogo com a Comunidade da Associação Brasileira da Indústria Química – Abiquim realizou a atuação do “Manual de Apoio à Implantação dos Conselhos Comunitários Consultivos”, que está disponível para download no site da Associação.

A nova versão do manual visa tornar mais simples às empresas e indústrias a implantação de um Conselho Comunitário Consultivo (CCC), que é um canal de troca de informações entre a indústria química e representantes voluntários das comunidades do entorno das fábricas. Apesar de ter sido elaborado por profissionais da indústria química ele pode ser adotado por qualquer segmento econômico que saiba da importância de se estabelecer uma comunicação e um canal de relacionamento com os moradores do entorno das plantas industriais.

A coordenadora da Comissão de Diálogo com a Comunidade da Abiquim e assessora de Comunicação Corporativa da Unipar Carbocloro, Sylvia Tabarin Vieira explica: “tudo precisa ser modernizado e praticamente reescrevemos o antigo Manual, que era de 2009. O novo conteúdo atende as diferentes realidades das empresas independente de sua localização e cada empresa que já implantou um CCC contribuiu com sua visão e experiência de como efetuar este processo da melhor forma”.

A vice-coordenadora da Comissão, Thais Minelli, explica que muitas empresas têm receio de começar um canal de comunicação com a comunidade do entorno, por achar este um trabalho complexo demais. “É uma iniciativa que exige cuidados, mas o Manual foi desenvolvido e atualizado para facilitar e mostrar o caminho para aquelas que tenham interesse e necessidade em se aproximar de suas comunidades. Foi um trabalho desenvolvido por representantes de empresas que já passaram por este processo e puderam compartilhar seus aprendizados nesse material. Acreditamos que ele poderá apoiar muitas empresas na criação de seus próprios CCCs."

A implantação dos Conselhos Comunitários Consultivos pelas empresas do setor químico visa atender a uma das principais diretrizes do Programa Atuação Responsável®, gerenciado no Brasil pela Abiquim, desde 1992, que é o de estabelecer a comunicação entre as empresas e as comunidades do entorno das fábricas.

“A implantação de Conselhos Comunitários Consultivos (CCCs) se destaca como a principal ferramenta para o diálogo entre a indústria e a população que vive em suas proximidades, promovendo o Diálogo com a Comunidade como uma das grandes agendas positivas da indústria química”, explica a coordenadora da Comissão de Diálogo com a Comunidade da Abiquim, Sylvia Tabarin Vieira.

O “Manual de Apoio à Implantação dos Conselhos Comunitários Consultivos” está disponível para download gratuito no site da Abiquim, clicando aqui.

Abiquim – Associação Brasileira da Indústria Química (www.abiquim.org.br) é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 16 de junho de 1964, que congrega indústrias químicas de grande, médio e pequeno portes, bem como prestadores de serviços ao setor químico nas áreas de logística, transporte, gerenciamento de resíduos e atendimento a emergências. A associação realiza o acompanhamento estatístico do setor, promove estudos específicos sobre as atividades e produtos da indústria química, acompanha as mudanças na legislação e assessora as empresas associadas em assuntos econômicos, técnicos e de comércio exterior. A entidade ainda representa o setor nas negociações de acordos internacionais relacionados a produtos químicos.

Leia agora:
Plástico Verde da Braskem ganha forma de cadeira lançada pela Tramontina
Evonik divulga resultados preliminares do segundo trimestre e expectativas
Plástico Brasil 2019 transforma a sustentabilidade em seu “selo” de qualidade para o mercado
Logística 4.0: como ela impacta os negócios?

Veja também:
Sanremo apresenta novidades na Expo Brasil Nordeste
Apex-Brasil: convênio de R$ 21,4 mi com setor coureiro-calçadista
Expansão do portfólio automotivo e de consumo Kraiburg TPE