BNDES melhora condições de crédito a projetos de saneamento selecionados pelo Ministério das Cidades

Investimentos selecionados pelo programa Avançar Cidades – Saneamento serão financiados em até 95% do valor total do projeto. ondições especiais para o setor público também incluem juros entre 0,9% a.a. e 1,3% a.a. e prazo para pagamento de até 34 anos 


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou melhorias nas condições de seus financiamentos para projetos em saneamento básico do setor público selecionados pelo programa Avançar Cidades – Saneamento, do Ministério das Cidades.

Com as mudanças aprovadas, a participação do Banco foi ampliada de 80% para até 95% do valor total do projeto — limitada a 100% dos itens financiáveis. Além disso, os juros e o prazo para pagamento são os melhores oferecidos pelo BNDES, variando entre 0,9% a.a. e 1,3% a.a. e chegando até 34 anos — incluído o período de carência — nos casos de investimentos acima de R$ 20 milhões, contratados diretamente com o Banco.

Informações sobre as condições financeiras e os critérios de apoio do BNDES aos projetos podem ser encontradas no endereço www.bndes.gov.br/avancar-saneamento.

Avançar

Criado pelo Ministério das Cidades, o programa Avançar Cidades – Saneamento visa financiar projetos de abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos, manejo de águas pluviais, redução e controle de perdas, planos de saneamento e estudos e projetos.
Um processo de seleção pública está selecionando iniciativas do setor público na área de saneamento básico que serão financiadas pelo agente financeiro escolhido pelo proponente — o BNDES é uma das opções.

O prazo para proponentes cadastrarem cartas-consulta no sistema da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades (SNSA/MCIDADES) vai até o próximo dia 18 de junho.

Mais informações sobre o Avançar Cidades – Saneamento estão disponíveis neste link.

Leia agora:
Solvay faz o lançamento mundial de Evolite™ F1050
Eficiência energética é vetor de oportunidades em desenvolvimento sustentável
Projeto Plástico do Bem estreia com segundo lugar em prêmio de Boas Práticas Sindicais da Fiergs
Termotécnica fortalece sua linha de agronegócio no 13º Senafrut

Veja também:
Anefac: taxas de juros caem pela 3ª vez consecutiva
Porto Alegre recebe atrações da 2ª ediçao do PlastCoLab dia 22
BASF inaugurou centro de aplicação de aditivos em Kaisten